Acha que tem estômago forte? Pronto para uma lista de filmes que vão colocar à prova sua tolerância a imagens chocantes visualmente? Acha que consegue encarar? Então confira abaixo:

1 - Salò ou Os 120 Dias de Sodoma

Na adaptação de Pasolini, a história se passa n Itália, e quatro fascistas no ano de 1944 – quando o país ainda estava sob o poder de Mussolini – se aprisionam dentro de uma mansão com 18 jovens, 9 homens e 9 mulheres, com as mesmas intenções dos outros quatro na obra original. Aqui, Pasolini dividiu a narrativa em três partes, inspirado no Inferno de Dante em ‘A Divina Comédia’. As três partes são chamadas de: Círculo da Loucura, Círculo da Merda e o Círculo da Morte. O filme segue pelas três, nessa mesma ordem, onde as torturas vão se agravando conforme ocorre as transições entre os círculos. E, novamente, temos a presença das cafetinas para servirem de inspiração às bizarrices que são executadas.

O chocante é que não há censura nas cenas. Vemos nudez, cenas de sexo, muito estupro e todas as experiências envolvendo as 18 vítimas de maneira explícita. Mas talvez o pior não seja o visual, e sim o psicológico. Como o ser humano pode ser capaz de fazer coisas tão horríveis e fazer coisas que nem animal algum seria capaz. Para assistir, você precisa de estômago e mente fortes.

2 - Centopeia Humana

Não sei se seria correto utilizar a palavra ‘fetiche’ para esse caso – muito provavelmente, não. No caso de Salò, com certeza, mas aqui se trata de puro sadismo, ou doença. A história é sobre um médico alemão que sequestra três turistas para realizar o que ele chama de ‘sua obra-prima’. O nome do filme já entrega a ideia, mas quero que o absurdo fique bem claro: ele une a boca de uma pessoa ao ânus de outra, criando um sistema digestório só.

O filme também foi proibido em vários países, mas seu sucesso foi tanto, que uma sequência foi produzida. Nesse segundo, um homem que assistiu ao primeiro filme fica fascinado com a ideia e ele próprio, sem treinamento médico ou cirúrgico, cria uma centopeia humana com 12 componentes. 12 pessoas ligadas umas às outras com um sistema digestório só. E parece que as pessoas realmente gostam da ideia desse filme, porque para 2014 está prevista a última parte disso que se tornou uma trilogia, que se passará em um presídio, e a centopeia dessa vez contará com 100 pessoas. Dá pra engolir isso?

3 - Holocausto Canibal

Muito conhecido entre cinéfilos e aqueles que se encaixam no cenário cult do cinema, Holocausto Canibal foi o filme que criou a categoria ‘mockumentary’, ou ‘falso documentário’, onde um homem vai investigar o desaparecimento de alguns jovens que foram à Amazônia produzir um documentário sobre tribos canibais. As fitas dos jovens são encontradas e seu conteúdo revela cenas fortes de violência, abusos sexuais e muito, mas muito canibalismo.

O chocante aqui são as cenas de violência explícita. Aquelas em que os animais que são utilizados são reais, coisa que era bastante comum na época, já que o filme é uma produção de 1979. Haviam boatos de que alguns atores tinham sido mortos para o filme também, especulação que teve que ser desmentida pelo próprio diretor em um programa de televisão, em que ele mostrou todo o elenco vivo. Vale à pena assistir, algumas cenas são de matar.

4 - Serbian Film – Terror Sem Limites

Um ex-ator pornô se vê desempregado, tendo que sustentar sua mulher e filho e não sabe o que fazer. Um diretor doentio lhe oferece um papel para retornar à sua antiga profissão, e ele aceita, sem saber que terá que se submeter ao uso de uma droga capaz de estimular um comportamento agressivo e sexual quase animalescos. Sob os efeitos dessa droga, ele é obrigado a realizar atos que nenhum ser humano deveria ser capaz de fazê-lo, como abusar sexualmente de um bebê recém-nascido. Quando percebe o que fez, já depois de sóbrio novamente, tenta sair da produção, mas o diretor o chantageia com a sua vida e a de sua família.

As cenas desse filme não são exatamente explícitas, mas só as ideias doentias são o suficiente para torná-lo completamente desagradável. Além do estupro do recém-nascido, várias outras cenas constroem o trauma que esse filme irá lhe causar, como o decepamento de uma mulher durante a cena em que o ator lhe abusa sexualmente.

5 - August Underground 

Talvez seja o filme menos conhecido dessa lista. É o primeiro trabalho do diretor e roteirista Fred Vogel, sendo totalmente independente e por isso tão chocante. O tom caseiro é essencial para esse filme, que nos leva a acompanhar algumas aventuras de um psicopata chamado Peter, do ponto de vista de seu cúmplice, que não tem nome e está filmando todas as atrocidades cometidas pelo doente assassino.

Cenas de um humor negro e sádico onde violência explícita e atos escatológicos são executados servem para não só te chocar, como também para te jogar em um estado de completo horror, e o mal estar que você sente ao assistir esse filme são justamente devido a isso.

Adaptado de Literatortura

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top