Nós fazemos tantas atividades diariamente que às vezes nem percebemos que pela força do hábito podemos realizá-las de um jeito mais fácil. Quando o cérebro está condicionado a fazer algo do mesmo jeito repetidas vezes, podemos perder a habilidade de pensar em soluções alternativas, criativas e muitas vezes mais fáceis para realizar as tarefas cotidianas.

Apesar de esses esforços mentais serem saudáveis, existem aquelas tarefas diárias que são chatas e que podem se tornar mais fáceis com alguns truques. Veja abaixo alguns exemplos de situações que você provavelmente está fazendo de um modo bem mais difícil do que realmente são:

1 - Amarrar os sapatos

Certas pessoas que amarram o cadarço dos sapatos fazem de um jeito que consideram o correto – ou pelo menos o mais certo. Conhecido em inglês como Granny Knot (o Nó da Vovó, em tradução literal), ele é caracterizado por um pequeno laço inclinado que se faz com o cadarço. Entretanto, o Granny Knot é considerado um tanto ineficiente, já que pode ser desamarrado facilmente se corrermos ou se não formos muito precisos.

Segundo algumas pessoas, o nó mais indicado para os pés é o Reef Knot (o Nó do Recife, em tradução literal), usado na navegação, em determinadas cirurgias e por pessoas que sabem dar bons nós. O único diferencial dos nós comuns ocorre no momento de finalização, deixando os laços do nó paralelos e equilibrados. Você deve fazer o laço sobre a cruz do nó de base, envolvendo o primeiro círculo superiormente – e não por baixo, como muitos fazem. Veja melhor a diferença desses dois nós ao clicar aqui.

2 - Desamarrar os nós das sacolas

Desamarrar as sacolas plásticas pode ser um transtorno em alguns casos. Alguns preferem rasgar as sacolas por completo enquanto outros fazem uso de tesouras. Caso as tesouras não estejam disponíveis (e você não deseje destroçar o plástico), existe um fácil truque para desamarrar.

O segredo para desamarrar as sacolas é torcer e empurrar uma das extremidades (a parte superior do nó, que parece com um laço) e empurrá-la em direção ao interior da sacola. Desse modo, o nó vai afrouxar e você conseguirá pegar o alimento sem grandes problemas.

3 - Limpar o microondas

Fazer a limpeza no microondas não é algo complicado e não requer muitos produtos de limpeza. Tudo que você precisa é de um pouco de água e de vinagre destilado. Misture meia xícara de água com meia xícara de vinagre em uma tigela e a coloque para esquentar no microondas. Deixe que o líquido borbulhe, fazendo com que pequenas partículas de água grudem no interior do aparelho.

Quando você verificar que o microondas está embaçado por dentro, desligue o eletrodoméstico e espere alguns instantes. Depois de alguns minutos, abra-o e retire as gotículas das paredes do microondas com uma esponja – e ele ficará brilhando. Para evitar um odor desagradável, você pode acrescentar alguns pedaços de limão ou de laranja na tigela com o líquido.

4 - Abrir pacotes plásticos

Sim, você não é o único que sofre para abrir pacotes plásticos que normalmente possuem brinquedos ou aparelhos eletrônicos. Esses protegidos pacotes plásticos são conhecidos por machucar os consumidores com pequenos arranhões. Grande parte das pessoas simplesmente vai atrás de facas ou de tesouras para abrir essas embalagens, porém há outro utensílio que promete mais facilidade e sucesso.

Os abridores de latas com suas extremidades pontiagudas podem perfurar o interior de muitos desses pacotes de modo mais prático (claro, dependendo do tipo de abridor que você possui em casa). O melhor é que você provavelmente possui uma dessas peças na cozinha – chega de machucados na hora de abrir as embalagens.

5 - Poupar dinheiro

Há duas coisas que podem ajudar você a poupar dinheiro: acompanhar o seu orçamento à risca e fazer depósitos de poupança assim que você recebe seu salário. É fato que muitas pessoas não sabem quanto de dinheiro gastam por mês – e muitas vezes se perdem nas contas. Um jeito de facilitar isso é colocar tudo no papel (as contas básicas, os gastos com lazer, com alimentação, entre outros).

Apesar de parecer algo óbvio, poucas pessoas realmente fazem isso. Desse modo, você administrará seu dinheiro muito melhor. A segunda dica é fazer depósitos de poupanças mensais (no mínimo, segundo economistas, 10% do salário). O objetivo é depositar essa quantia assim que você recebe seu salário, pois desse modo esse dinheiro não será comprometido pelo orçamento.

Adaptado de How Stuff Works?

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top