Não é só o futebol que é uma paixão nacional. Muitos são os esportes que gostamos e vibramos ao assistir. Vôlei, basquete, natação, UFC, remo, corrida, tênis, salto com vara e, claro, futebol, entre vários outros. É verdade que algumas modalidades acabam virando mania e somente assistimos quando algum atleta está no ápice. E quando isso acontece, grandes nomes entram definitivamente para a história do esporte brasileiro, coisa que nem o tempo é capaz de apagar.

1 - Pelé

Edson Arantes do Nascimento nasceu em 1940, na cidade de Três Corações, Minas Gerais. Pelé começou sua carreira aos 15 anos, no time alvinegro da Vila Belmiro. Com o Santos, conseguiu ser bicampeão da Libertadores e do Mundo, além de conquistar muitos outros títulos. O jogador, que chuta muito bem com os dois pés, foi reconhecido, pela FIFA, como o melhor futebolista de todos os tempos. No Santos, ficou de 56 a 74, depois jogou no Cosmos de 75 a 77 e, é claro, passou durante todo este tempo pela seleção brasileira. Hoje, Edson atua em algumas campanhas publicitárias, sempre está presente na Vila Belmiro e é presidente Honorário do New York Cosmos.

2 - Ayrton Senna

Apaixonado pelo automobilismo desde pequeno, Ayrton, que nasceu em 1960, em São Paulo, consagrou-se campeão de kart aos 21 anos de idade. Sua habilidade e facilidade para dirigir o levou às pistas de Fórmula 1. Começou com equipes pequenas, mas por conta de seu brilhantismo passou para a Lotus e, em 1988, se juntou a Alain Prost na McLaren-Honda. Nesta mesma temporada, foi campeão. Em 89, seu arqui-rival e parceiro de equipe foi o campeão. Nos anos 90, a disputa foi entre os dois. E Senna levou a melhor depois de colidirem seus carros na última corrida do ano. Em 91, foi campeão e conseguiu o feito de ser o mais jovem piloto a alcançar o tricampeonato. Em 94, assinou com a equipe Willians. No mesmo ano, sofreu um acidente ao correr em Ímola e faleceu aos 34 anos de idade.

3 - Gustavo Kuerten

O manezinho da ilha nasceu em 1976, em Florianópolis. Guga é considerado o maior tenista da história do Brasil, havendo sido condecorado pelo Hall da Fama da ATP (Associação dos Tenistas Profissionais). Com 8 anos de idade, perdeu seu pai, que foi o seu maior motivador para fazer do tênis uma profissão. Porém isto não abalou Kuerten. Aos 19 anos de idade, começou a jogar profissionalmente. A partir disso, foi muitas vezes campeão. Tricampeão de Roland Garros, campeão da Masters Cup e cinco vezes campeão de torneios Masters Series. Em 2008, anunciou sua aposentadoria, devido a problemas físicos que o impediam de continuar jogando. Foi o único tenista a vencer Sampras e Agassi no mesmo torneio.

4 - Ronaldo

Ronaldo nasceu em 1976, no Rio de Janeiro. Foi um dos jogadores na campanha pelo tetracampeonato da seleção brasileira, em 1994 nos Estados Unidos. E foi lá que surgiu seu primeiro apelido: Ronaldinho. Já a alcunha de "Fenômeno" surgiu quando ele jogava no Inter de Milão. Com 15 gols, Ronaldo é o maior goleador em Copas do Mundo. Ao todo foram 4 participações e 8 gols somente na campanha pelo Pentacampeonato. Depois de se aposentar como jogador profissional, em 2011, Ronaldo vem se dedicando ao mercado publicitário com a 9ine, sua agência de marketing, onde atua como empresário.

5 - César Cielo

O jovem nadador é do interior de São Paulo, Santa Bárbara d´Oeste, e nasceu em 1987. Começou a treinar influenciado por sua mãe. Em 2003, chegou a treinar, durante 2 anos, com Gustavo Borges. Em 2006, ganhou uma bolsa de estudos e foi para os Estados Unidos. Seu contrato era bem restrito: ele não podia sair para beber com seus amigos e nem mesmo ter namoradas. Em 2008, participou das olimpíadas de Pequim e se consagrou campeão nos 50 metros livre. Depois desta medalha muitas outras apareceram. Foi considerado o melhor atleta da década no Brasil, em 2009, pela revista Sport Life. Foi também neste ano que quebrou os recordes de 50 e 100 metros livres.

Adaptado de eHow

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top