Na eterna luta para se adequar aos padrões de beleza – e magreza – impostos pela sociedade, o que não falta no mundo é gente tentando fazer dieta para emagrecer, principalmente de forma rápida, eficiente e, de preferência, envolvendo o mínimo de esforço físico possível.

Passando os olhos pelas prateleiras de qualquer banca de revista, é fácil ver como muitas pessoas preferem apostar em regimes mirabolantes ao invés de investir na combinação de uma alimentação saudável e exercícios regulares. Tendo isto em mente, selecionamos algumas das dietas mais esquisitas já foram moda no mundo ocidental.

1 - Fletcherismo

Jantares não devem ter sido muito divertidos na casa de Horace Fletcher, um norte-americano que no final do século XIX começou a promover uma  dieta para emagrecer chamada “Fletcherismo”. A prática consistia em mastigar cada bocado de comida por pelo menos 32 vezes, ou até que ele estivesse em forma líquida. Fletcher, que era conhecido como “o grande mastigador”, acreditava que seu método poderia ajudar as pessoas a perder peso e evitar doenças.

2 - A dieta do cigarro

Hoje em dia, todos nós temos martelado nas nossas cabeças que os cigarros são ruins, mas na primeira metade do século XX, não era incomum para os fabricantes de cigarro fazerem propaganda de seus produtos como benéficos para a saúde. Diversas empresas alegaram que seus cigarros poderiam ajudá-lo a perder peso: “Acenda uma Lucky e você nunca mais vai ter que abrir mão dos doces que fazem você engordar”, proclamava um anúncio da marca Lucky Strike em 1929.

3 - A dieta do Aleluia

Gosta de Jesus? Quer perder peso? Então a dieta do Aleluia poderia ser para você. O regime, formulada pelo reverendo norte-americano George Malkmus na década de 1990, é baseada em comer apenas o que Adão e Eva teriam consumido no jardim do Éden – em grande parte, frutas, legumes e cereais integrais. Não temos certeza se as maçãs são permitidas, mas deveriam.

4 - A dieta da tênia

Muitas pessoas vão a extremos quando o assunto é dieta para emagrecer, mas introduzir uma tênia no seu corpo exige um bom tanto de dedicação. A teoria é que, se o parasita comer todo o alimento que você consome, você não vai ganhar peso. A lenda urbana diz que cantora de ópera Maria Callas conseguiu sua impressionante perda de peso na década de 1950 depois de engolir uma tênia.

5 - Dieta de Luigi Cornaro

Um dos primeiros livros best-seller de dieta para emagrecer do mundo foi “The Art of Living Long”, de 1558, escrito pelo veneziano Luigi Cornaro. Aos seus trinta e tantos anos, Cornaro restringiu-se a 400g de comida por dia (embora tenha se permitido 500 ml de vinho), mas mais tarde ele limitou sua alimentação diária para apenas um ovo. Surpreendentemente, Cornaro viveu até os 98 anos.

Adaptado de Telegraph

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top