Expor-se à radioatividade é algo, definitivamente, não recomendável. É que quando o corpo humano recebe radiação ionizante, suas células acabam sendo danificadas e, dependendo do nível de radiação, essas células podem morrer. Nesses casos, a pessoa apresenta quadros de hemorragia, anemia e queimaduras na pele, que surgem logo nas primeiras horas.

Isso sem falar em exposições a doses mais elevadas de radiação, que podem matar uma pessoa em questão de poucos dias. Na dúvida, procure sempre evitar esse tipo de contato, passando longe, por exemplo, dos lugares abaixo, afinal são os mais radioativos do planeta:

1 - Usina de Fukushima, no Japão

Há rumores de que o terremoto em Fukushima representa a ameaça nuclear mais duradoura do planeta. Depois de Chernobyl, foi o pior acidente nuclear da História, provocando o derretimento de três reatores. O vazamento foi tanto que a radiação pode ser detectada em um raio de 320 km.

2 - Chernobyl, Ucrânia

Obviamente, Chernobyl está nessa lista. A região, como você sabe, foi palco do maior acidente nuclear da História. Ao longo dos anos, 6 milhões de pessoas foram afetadas com a radiação do local – o número de mortes ligadas à tragédia pode chegar a 93 mil. O acidente nuclear de Chernobyl emitiu 100 vezes mais radiação do que os ataques a Hiroshima e Nagasaki.

3 - Mineradora e Cooperativa Química em Mailuu-Suu, Quirguistão

Considerado um dos lugares mais poluídos do planeta, a radiação do local não provém de bombas nucleares, mas da imensa quantidade de urânio da mineradora e das atividades de processamento que já foram realizadas na região. Os resíduos nucleares da mineradora formaram um volume de quase 2 milhões de metros cúbicos de lixo poluente.

4 - O polígono, Semipalatinsk, Cazaquistão

Essa região é famosa pelo projeto soviético de bomba atômica, que foi realizado ali. Hoje o local é completamente abandonado, mas já serviu de testes de armas nucleares, promovidos pela URSS. Só para você ter ideia, o Polígono detém o recorde de local com a maior concentração de explosões nucleares no mundo. Atualmente, acredita-se que 200 mil pessoas ainda sofram com os efeitos da radiação.

5 - Cooperativa Química Siberiana, na Sibéria, Rússia

Esse lugar é considerado um dos maiores polos químicos do mundo, e é responsável também pelo depósito de 125 mil toneladas de resíduos sólidos que já contaminaram todo o solo da região. Já foi comprovado, inclusive, que os resíduos da cooperativa acabam sendo levados para áreas mais distantes pela chuva e pelo vento, comprometendo a saúde da região e contribuindo para a morte de muitos animais.

Adaptado de List 25

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top