Criatividade é um atributo essencial para músicos, mas repaginar outros sons também faz parte do processo. O problema surge quando a inspiração dá lugar ao plágio.

1 - "Roar", de Katy Perry

Quando lançou o single "Roar", a cantora Katy Perry foi acusada de plágio pelos fãs da também cantora Sara Bareilles. A introdução das duas músicas é, de fato, muito parecida.

Apesar das acusações de plágio e da real semelhança, a cantora Sara Bareilles não se importou com isso e afirmou, em entrevista, que gosta de Katy e que não há rivalidade entre elas.

2 - "Somebody That I Used To Know", de Gotye

O músico Gotye sofreu um processo da família do violonista brasileiro Luiz Bonfá, com a acusação de plágio A faixa "Somebody that I used to know" contém um sample de "Seville", composta em 1967 pelo musicista.

Após mover o processo contra Gotye, a família conseguiu fechar um acordo com o artista, em 2011. Ficou acertado que o brasileiro receberia a coautoria da faixa e participação nos royalties. Até 2013, os representantes do músico plagiado já tinham recebido mais de 1 milhão de dólares.

3 - "Whole Lotta Love", do Led Zeppelin

O grupo de rock Led Zeppelin foi acusado de plágio depois de lançar a música “Whole Lotta Love”, inspirada em “You Need Love”, composta por Willie Dixon.

Depois do suscesso de "Whole Lotta Love", Willie Dixon processou o Led Zeppelin e eles entraram em um acordo extrajudicial. Assim, Dixon passou a ser considerado como coautor da música.

4 - "Creep", do grupo Radiohead

Um dos grandes sucessos do Radiohead, "Creep" também foi alvo de acusação de plágio. A música foi comparada com "The Air That I Breathe", do grupo The Hollies.

Depois de entrar na justiça contra o Radiohead, a banda The Hollies conseguiu ter o direito de colocar os músicos Albert Hammond e Mike Hazlewood como coautores da faixa.

5 - "Do ya think I'm sexy", de Rod Stewart

O cantor americano Rod Stewart se inspirou além da conta no refrão da música “Taj Mahal”, de Jorge Ben, e fez um ritmo muito parecido para a faixa “Do ya think I’m sexy?”.

Os representantes do brasileiro entrarão com ação contra o americano pelo plágio, mas o problema foi resolvido em acordo extrajudicial. Stewart assumiu que pode ter copiado "inconscientemente" o trabalho de Jorge Ben e abriu mão dos royalties da faixa.

Adaptado de Exame

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top