Existem várias discussões sobre quais são os animais mais inteligentes do mundo. Contudo, o neuropsiquiatra Jon Lieff divulgou uma lista desenvolvida após uma longa pesquisa para acabar com quaisquer dúvidas. No top 5, o interessante é que nem sempre o maior cérebro pertence ao mais inteligente.

1 - Baleia

As baleias possuem as habilidades e técnicas culturais e de comunicação mais elaboradas da lista. Elas criam estratégias de pesca extremamente criativas, e até designam um papel específico para cada baleia durante o ataque.

Em uma das táticas, três baleias ficam lado a lado batendo os rabos sincronizados na água para criar grandes ondas. Estas ondas servem para derrubar focas de placas de gelo e rochas.

Outra técnica incrível: as baleias nadam circulando cardumes e então soltam milhares de bolhas formando uma rede em volta dos peixes — eles não nadam em bolhas. Assim, o banquete está servido sem fugas.

2 - Cachorro

Não é preciso falar muito aqui, correto? Capacidades de socialização, comunicação, inteligência, criatividade, além de conseguir ler as emoções humanas, colocam os cachorros em segundo lugar no top 5.

3 - Anolis (lagarto americano)

Os lagartos quase nunca são lembrados em listas de inteligência, mas os anolis, em particular, impressionam os pesquisadores por causa de suas habilidades cognitivas. Eles demonstram uma capacidade avançada de resolver problemas e contas. O aprendizado rápido e a memória extraordinária são outros pontos.

Em cativeiro, aprendem a resolver puzzles difíceis com técnicas diferentes das utilizadas na natureza. Além disso, eles podem esquecer abordagens erradas para não repeti-las.

4 - Cacatua

Segundo Lieff, as cacatuas usam técnicas de "multipassos" para resolver problemas. Por exemplo, quando muito tempo presas em uma gaiola trancada, elas conseguem fugir caso o dono vacile e deixe a chave próxima do pássaro. Se você tem dúvidas dessa capacidade, dê uma olhada nos vídeos presentes no YouTube.

5 - Corvo

Os corvos são tão inteligentes que conseguem fazer contas e analogias. Eles reconhecem a si mesmos e ainda usam objetos e materiais que encontram como ferramentas — iguais aos macacos, montando ganchos com arames.

Um estudo também revelou que os corvos entendem o princípio de Arquimedes, que toca na questão de densidade corporal, fluidos e peso. Isso permite que estes pássaros até manipulem níveis de água para conseguir comida.

Extra: humanos

Estamos aqui também. Ou você esqueceu que somos animais em processo de evolução?

Contudo, segundo Lieff, uma espécie pode medir com precisão completa sua própria inteligência comparada com outros animais? É quase impossível, já que o julgamento deve ser baseado apenas nos valores do animal em particular — como estrutura cerebral e maneira de pensar.

Adaptado de Discovery

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top