Quer saber mais sobre esses animais tão nobres e esbeltos? Confira alguns fatos curiosos sobre nossos amigos equinos:

1 - Velocidade máxima

Os cavalos estão entre os animais terrestres mais velozes do mundo, por isso são muito utilizados em corridas até hoje. Desde a antiguidade esses equinos são usados em disputas de velocidade e força, como nas corridas de biga na Roma Antiga, que tinha até torcidas organizadas que brigavam nas ruas da Cidade Eterna. A velocidade mais rápida já registrada de um cavalo de corrida são impressionantes 70,76 km/h.

2 - Manipulação genética

Os cavalos sofreram uma série de alterações genéticas artificiais pelas mãos do ser humano através da história, assim como aconteceu com outros animais domesticados, como o gato e o cachorro. Isso gerou uma porção de raças diferentes, com cores, tamanhos e formatos dos mais variados.

Existem cavalos enormes, pomposos, que a gente consegue até imaginar usando uma armadura em uma guerra medieval, mas também existem os pequenos, como os famosos pôneis, que a garotada adora. O menor cavalo de que se tem registro tem apenas 43 cm de altura e pesa meros 26 kg. Não é uma gracinha? Já o maior tinha 2,2 m de altura e chegou a pesar 1,5 tonelada.

3 - Vai um churrasquinho de cavalo aí?

São poucos os países que consomem carne de cavalo. Na maioria dos casos, a hipofagia, nome dado à prática de comer carne equina, carrega um grande peso, pois não é moralmente bem aceita. Isso acontece em parte pelo companheirismo do animal, assim como de cães e gatos, e também por um esforço da Igreja Católica medieval em acabar com o consumo pagão da carne de cavalo, quando boatos de todo tipo foram criados sobre a alimentação à base desse animal. Se você acha que comer cavalo é nojento, eis mais um motivo para nos compadecermos de nossos amigos quadrúpedes: cavalos não podem vomitar.

4 - Sem lenço, mas com documento

No Reino Unido, é obrigatório que todo tipo de equino, de pôneis a burros, possuam um passaporte. Esse documento apresenta informações sobre o animal, como sua raça, sua altura e se o bichinho pode ser consumido como alimento no fim de sua vida. Quem faz essa opção é o dono, que deve indicá-la no passaporte, mais ou menos como optamos por ser doadores de órgãos em nossos documentos de identidades.

Esse passaporte deve estar junto com o cavalo em todo momento e deve ser mostrado quando exigido por autoridades, na venda ou doação do animal e quando o bicho passar pelo tratamento de um médico veterinário.

5 - Contando cavalinhos

Cavalos possuem curiosos hábitos relativos ao sono: são um dos poucos animais capazes de dormir de pé. Isso acontece por uma adaptação que sua fisiologia sofreu para que pudessem descansar em lugares inóspitos. Porém, um cavalo só descansa de verdade quando se deita.

Além disso, cavalos em grupo dormem em turnos, para sempre haver animais acordados para avisar sobre a aproximação que qualquer perigo. A média do tempo de sono diário de um cavalo é de apenas três horas.

Adaptado de Factslides

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top