Esta poderia ser uma lista sobre as profissões mais exigentes do mundo. Poderia ser sobre as profissões mais ingratas do mundo, ou sobre as profissões mais mal remuneradas do mundo. Mas nós vamos falar mesmo é das profissões mais comuns para… cachorros!

1 - Farejador

Algumas raças de cães, como labradores, golden retreivers e pastores podem chegar a ter até 200 milhões de células olfativas – contra reles 5 milhões dos humanos. Por isso, eles são a opção número 1 quando o trabalho envolve encontrar drogas, bombas, armas escondidas, ou pessoas sequestradas ou desaparecidas.

2 - Guarda

Um cão bem treinado pode ser mais eficiente do que o mais moderno sistema de câmeras e alarmes para proteger sua casa ou seu local de trabalho (não é à toa que a Pedra Filosofal era guardada por um cão de três cabeças em Hogwarts). Mas é fundamental que ele seja mesmo bem treinado. Do contrário, o cão será um poço de energia acumulada e difícil de controlar.

3 - Atleta

Como a gente, os cachorros também têm várias modalidades de esportes em que eles competem. Os dois exemplos mais famosos são as corridas e o agility. Nas primeiras, os cães são colocados em uma pista e têm que correr atrás de um coelho de mentira que mostra o caminho. Já o agility é uma competição em que os cães devem passar por vários obstáculos no menor tempo possível. É trabalho. Mas ninguém pode negar que há uma grande quantidade de diversão envolvida.

4 - Ator

Não, eu não estou falando da Priscila da TV Colosso. Estou falando de Pal, o rough collie que interpretou a cadela Lassie na TV nas décadas de 1950 a 1970. Estou falando também de Rin-Tin-Tin, que estrelou um programa de TV com seu nome nas décadas de 1920 e 1930, e de Chris, o gigantesco São Bernardo que interpretou Beethoven nas telas do cinema (e da Sessão da Tarde). Os cães passam por um treinamento rigoroso para obedecerem às orientações dos diretores e não revirarem o set de cabeça para baixo. Em 2008, os cães atores foram homenageados pela Disney na simpática animação “Bolt”.

5 - Terapeuta

Pessoas que precisam passar por longos períodos de tratamento – como crianças com síndromes graves, pacientes de câncer ou idosos, cuja vida, muitas vezes, se resume a um complexo tratamento – costumam ser expostas a altos índices de estresse. Para aliviar toda a tensão, entram em cena os cães terapeutas, que têm a função de fazer essas pessoas se sentirem melhor. Para ser um terapeuta, tudo que o cão precisa é ser super calmo e gostar de receber muito carinho.

Adaptado de Super

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top