O Red Bull é a bebida energética mais consumida do mundo, o que deixou seus criadores – um austríaco e um tailandês – milionários. A companhia está em quase todos os países e é dona de uma escuderia de Fórmula 1.

O sucesso, porém, é recente: o Red Bull começou a ser comercializado na Europa em 1987. Desde então, tornou-se um fenômeno, principalmente entre o público jovem, que bebe o energético em festas para ter um gás a mais na pista de dança. Mas ele também é consumido por trabalhadores e estudantes, que precisam se manter atentos por longos períodos – e, afinal, o Red Bull promete te dar “asas”, não é mesmo?

1 - Receita tailandesa

A fórmula original do Red Bull é de uma bebida energética tailandesa destinada a trabalhadores de fábrica e caminhoneiros que precisam cumprir longas jornadas. A combinação básica é a mesma, taurina e cafeína, porém um pouco mais adocicada. Chamada de Krating Daeng na Tailândia, ela foi “descoberta” por um empresário austríaco em uma viagem de negócios. Ele foi atrás do inventor da fórmula, Chaleo Yoovidhya, e ambos firmaram uma parceria.

2 - Cocaína na fórmula

Folhas de coca são usadas como aromatizantes na fórmula do Red Bull, mas antes passam por um processo de retirada do alcaloide da cocaína. Mesmo assim, autoridades da Alemanha conseguiram encontrar vestígios da droga na bebida e ela foi proibida de ser comercializada no país por um tempo. Porém, a quantidade do entorpecente é tão pequena que seus efeitos só seriam sentidos com o consumo de 12 mil litros do energético!

3 - Bilhões de unidades vendidas

Até o momento, a Red Bull já vendeu mais de 50 bilhões de latas em 167 países! No último ano, foram mais de 5,6 bilhões, transformando-se na bebida energética mais consumida no mundo. Resultado: Dietrich Mateschitz é o homem mais rico da Áustria e Chaleo Yoovidhya foi o segundo mais rico da Tailândia, até falecer em 2012.

4 - Coreano deportado por consumo excessivo

O estudante coreano Jyong Chul Lee estava fazendo intercâmbio no Canadá quando teve uma explosão no refeitório da universidade pelo consumo excessivo de Red Bull. Ele foi acusado de perturbação e assédio criminal, tendo sido deportado ao seu país de origem. Um relatório psiquiátrico diz que Lee sofreu intoxicação por consumir diariamente mais de 500 mg de cafeína na forma de energético.

5 - Maior salto da história

O paraquedista austríaco Felix Baumgartner fez um salto inacreditável para divulgar a marca Red Bull. Em 2012, ele subiu até o limite do espaço em um balão estratosférico e se jogou de uma altura de quase 40 quilômetros! Na queda, ele foi a primeira pessoa a quebrar a barreira do som sem o uso de propulsores – Felix atingiu mais de 1,3 mil quilômetros por hora de velocidade!

Adaptado de First We Feast

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top