Confira alguns dos restaurantes mais únicos e estranhos da marca, do tipo que você dificilmente vai ver em outro lugar.

1 - Posto McDonald’s – Ulsan

Este Drive Thru na Coréia do Sul é um local interessante. Para começar, ele dispensa o tradicional esquema de cores vermelho-amarelo da franquia, optando por um rosa brilhante e muitos néons. A estrutura também é bastante diferente, e definitivamente não deixa seus clientes se molharem em caso de mau tempo. E tudo isto se explica por algo bem simples: este McDonald’s também vende gasolina.

Na época em que este McDonald’s foi construído, sua arquitetura foi considerada muito original para as redondezas de Ulsan. Na maioria dos casos, isto só acontece quando o restaurante abre em um local já construído, mas não foi o caso aqui. Parece que os coreanos são mais mente aberta quando se trata de arquiteturas ousadas.

2 - McDonald’s Exótico – Yangshuo

Yangshuo tem mais escolas de inglês do que qualquer outra cidade na China. A cidade também é um paraíso para os turistas estrangeiros que desejam fazer um mochilão e, de quebra, escalar rochas belíssimas no tradicional cenário chinês. É por esta e outras razões que a cidade recebeu muitas franquias ocidentais, como KFC e McDonald’s.

Este restaurante combina bem com a arquitetura local e fica sobre a água, de forma que os clientes podem jantar em uma espécie de varanda bem agradável. A única coisa que realmente se destaca na vista é o logotipo altamente reconhecido da franquia, mas já está lá há tanto tempo que até se incorporou ao ambiente.

3 - Avião McDonald’s – Taupo

Se você estiver dando uma volta pelo belíssimo cenário natura da Nova Zelândia e sentir a necessidade de comer algo familiar, o McDonald’s perto do Lago Taupo pode ser uma boa opção. Um DC-3 se estende para fora do restaurante, com direito a um restaurante  completo em seu interior. O avião costuma carregar passageiros da Austrailian National Airways, mas passou tanto tempo como um avião agrícola que acabou por se tornar uma velha recordação em Taupo, até ser ocupado pelo restaurante. Boa ideia?

4 - Mansão Colonial McDonald’s – New York

Mesmo nos Estados Unidos, moradores locais fazem questão de preservar a arquitetura histórica. As origens deste McDonald’s remontam a 1795, muito antes do fundador da franquia ter sequer nascido. A casa foi originalmente construída para ser a sede de uma fazenda por um homem chamado Joseph Denton, e desde então tem sido conhecida como The Denton House. A construção foi transformada em uma mansão em 1860, e passou grande parte do século seguinte sendo usada como funeral.

Ne década de 1980, a mansão estava sendo vítima de negligência, e foi comprada pela McDonald’s com a intenção de ser demolida para dar lugar a um restaurante tradicional da marca. Felizmente, os moradores locais não aceitaram, alegando que a mansão era um marco histórico para a região e que, portanto, não poderia ser demolida. A solução? O McDonald’s resolver fazer apenas uma restauração no espaço, dando origem ao seu restante mais bonito em todo o país, sem dúvida alguma.

5 - McDonald’s só para quem pode – Roma

Este restaurante já foi apelidado de o “McDonald’s mais badalado do mundo”. Em uma cidade tão cheia de história e passeios turísticos, talvez até valha a pena dar uma paradinha nele também. O exterior do edifício não se destaca tanto quanto alguns outros desta lista. O interior, por outro lado, é a alma do restaurante. Existem fontes gotejantes, estátuas e paredes em mosaico. A maior parte foi construída em mármore.

O menu tem uma grande variedade de bolos especiais no período da manhã, bem como um buffet de saladas e vários jantares especiais, como frango condimentado da Jamaica acompanhado por arroz caribenho.

Adaptado de The Richest

0 comentários:

Postar um comentário

 
Top